Ministrações

A CURA

  • 28/11/2017

A CURA
(Primeira parte)

"Alguns foram ter com ele, conduzindo um paralítico, levado por quatro homens. E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o eirado no ponto correspondente ao em que ele estava e, fazendo uma abertura, baixaram o leito em que jazia o doente" (Marcos 2:3,4).

Marcos registra que a fama de Jesus e a sua atração sobre as multidões era tão grande que Ele tinha que ficar retirado das cidades. Assim que chegou em Cafarnaum e correu a notícia de que Ele estava em casa, muitos foram para lá, tantos que não havia mais como se aproximar.

Jesus, então, lhes anunciava a palavra, isto é, as boas novas do Reino, as boas novas da salvação. O Filho de Deus, por sua graça, veio perdoar os nossos pecados, nos reconciliar com Deus e nos livrar do castigo eterno. Um pequeno detalhe de tudo o que está acontecendo é muito importante: Jesus estava em casa e pregava a palavra.

Reunir em um templo uma vez por semana para pregar ou ouvir a Palavra de Deus é uma característica do nosso tempo. Jesus, seus discípulos e, posteriormente, a Igreja adoram a Deus e proclamam o Evangelho em todo tempo e lugar.

Aliás, nos três primeiros séculos a casa foi o principal local de reunião da Igreja. Não existe local sagrado. Tudo é sagrado. Não existe um local para culto; a vida é o culto:

_"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional"_ (Romanos 12:1).

Uma vez que Jesus já havia provado seu poder sobre as doenças, curando muitas pessoas (Marcos 1:34), quatro amigos se reúnem para levar um paralítico até Jesus.

A determinação dos quatro amigos em vencer a multidão nos mostra que a situação do enfermo era muito séria, mas também que eles tinham fé e disposição para chegarem a Cristo.

É um bem muito precioso, ter amigos que te levam a Cristo. Tenho muitos amigos em minha vida, mas um deles se dispôs a me carregar até Jesus:
"O homem de muitos amigos deve mostrar-se amigável, mas há um amigo mais chegado do que um irmão" (Provérbios 18:24).

Você, como quase todos, deve ter muitos amigos que o levaram no futebol, na praia, na balada, na confusão e talvez em lugares que o fizeram se arrepender ter ter ido. Tomara que o Espírito Santo o envie um amigo que te leve a Cristo! Tomara que seja hoje. Se o convite vier, não endureça o seu coração.

 

Compartilhe:

Comentários

A IGREJA

A igreja Vida Com Cristo é uma comunidade evangélica (de orientação batista renovada) jovem, dinâmica e profundamente comprometida com a difusão da doutrina e dos valores cristãos conforme constam nas Escrituras Sagradas.

REDES SOCIAIS
Localização

R. Ministro Orozimbo Nonato, 488
B Vila da Serra/Nova Lima